O seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu navegador agora

×

O diretor-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn, afirmou nesta terça-feira que o sistema financeiro mundial ainda não está saudável e que é preciso reforçar os planos de ajuda aos bancos.

“O sistema financeiro no mundo inteiro ainda não está saudável e, por consequência, os efeitos do reaquecimento não são suficientemente importantes”, disse Strauss-Kahn à rádio France Inter.

“Os Estados têm seguido as recomendações do FMI na questão dos planos de estímulo da economia real, mas falta um pouco de envergadura no Japão, na Europa e em outros países. Mas as ações continuam sendo insuficientes no que diz respeito aos bancos”, afirmou.

Segundo ele, “é necessário ir até o fundo na limpeza do balanço dos bancos, o que não acontece de modo suficientemente rápido”. O diretor do Fundo ainda afirmou estar “preocupado porque os planos vão no caminho certo, mas não suficientemente longe”, e pediu uma coordenação mundial mais intensa.

Outras notícias

Aumenta oferta de produtos e serviços

Leia mais

Renda das famílias cresce bem acima do PIB per capita

Leia mais

Para driblar calote, banco busca empresa maior

Leia mais