O seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para ter uma melhor experiência e visualização deste site. Atualize o seu navegador agora

×

Os consumidores estão pagando mais pelos empréstimos e as concessões de crédito têm caído, revelou nesta quinta-feira (10) o Banco Central.
A taxa média de juros para o crédito pessoal passou de 40,3% ao ano em 6 de dezembro de 2010 para 49,4% ao ano em 26 de janeiro deste ano. No mesmo período, a média das concessões de crédito pessoal passou de R$ 708 milhões para R$ 571 milhões.
Os dados foram apresentados pelo diretor de Política Econômica do BC, Carlos Hamilton Araújo, segundo a Agência Brasil.
De acordo com os dados, “a dinâmica recente de prazos, preços e volume de concessões sugere eficácia das ações macroprudenciais introduzidas no início de dezembro, como elemento de contenção da demanda agregada”.
Aquisição de carro
Para a aquisição de veículos, a taxa média de juros cobrada pelas montadoras passou de 19,2% ao ano em dezembro para 23,1% ao ano em janeiro. As concessões, por sua vez, passaram de R$ 79 milhões para R$ 50 milhões.
Nos demais bancos, a taxa média de juros para a compra de carros passou de 22,9% ao ano para 27,7% ao ano, com queda nas concessões de R$ 567 milhões para R$ 315 milhões.
Fonte: InfoMOney, 10/02/2011

Crédito fica mais caro e concessões caem, revela Banco Central

Os consumidores estão pagando mais pelos empréstimos e as concessões de crédito têm caído, revelou nesta quinta-feira (10) o Banco Central.

A taxa média de juros para o crédito pessoal passou de 40,3% ao ano em 6 de dezembro de 2010 para 49,4% ao ano em 26 de janeiro deste ano. No mesmo período, a média das concessões de crédito pessoal passou de R$ 708 milhões para R$ 571 milhões.

Os dados foram apresentados pelo diretor de Política Econômica do BC, Carlos Hamilton Araújo, segundo a Agência Brasil.

De acordo com os dados, “a dinâmica recente de prazos, preços e volume de concessões sugere eficácia das ações macroprudenciais introduzidas no início de dezembro, como elemento de contenção da demanda agregada”.

Aquisição de carro
Para a aquisição de veículos, a taxa média de juros cobrada pelas montadoras passou de 19,2% ao ano em dezembro para 23,1% ao ano em janeiro. As concessões, por sua vez, passaram de R$ 79 milhões para R$ 50 milhões.

Nos demais bancos, a taxa média de juros para a compra de carros passou de 22,9% ao ano para 27,7% ao ano, com queda nas concessões de R$ 567 milhões para R$ 315 milhões.
Fonte: InfoMOney, 10/02/2011

Outras notícias

Inflação vai encerrar o ano muito próxima do teto da meta

Leia mais

Calote freia crédito para financiamento de veículos

Leia mais

Juros altos limitam a venda de carteiras

Leia mais